• Dra Karolina Frauzino

Varizes internas existem sim!


Sim, elas existem!


E provocam muitos sintomas que podem atrapalhar muito o dia-a-dia em quem as têm e o pior é que na maioria das vezes nem sabem disso!


Vou narrar uma situação:

Você não tem varizes visíveis, mas tem percebido que de uns meses pra cá vem sentindo um incômodo e um peso nas pernas maior que o normal. Acorda normalzinha, mas sempre ao final do dia parece que tá carregando cinco quilos a mais em cada perna.

Talvez tenha descoberto que esse incômodo melhora um pouco quando coloca as pernas pra cima por alguns minutos ou quando faz massagem nas pernas pra tentar fazer o sangue circular.

Às vezes sente ainda que as pernas incham num dia mais exaustivo de trabalho.

E percebe que tudo isso piora logo próximo à menstruação.


Você procura no Google esses sintomas e lê informações sobre varizes, mas quando você olha suas pernas você não vê varizes!


Então leia a próxima frase com atenção:



Nem todas as varizes são visíveis!


Assim como temos veias superficiais e profundas, podemos ter também varizes superficiais e profundas.

Dou exemplo de 4 tipos de varizes que não estão visíveis:

  1. Refluxo de veias que acompanham o nervo ciático, atrás da coxa

  2. Refluxo de veias musculares

  3. Refluxo de veias pélvicas

  4. Refluxo de veias safenas

Todas essas que eu citei são veias localizadas em planos mais profundos, algumas no meio do tecido da gordura ou entre os músculos ou mesmo dentro da pelve e, por isso, não são visíveis nem quando normais e nem quando doentes.


Mais frequentemente são identificadas quando estamos completando o mapeamento em quem tem varizes visíveis.



Quais são os sintomas das varizes internas?


Os sintomas de varizes internas são os mesmos das varizes visíveis.

  • Sensação de cansaço nas coxas e pernas ao final do dia

  • Sensação de peso nas coxas e pernas ao final do dia

  • Sensação de inchaço nas pernas ao final do dia

  • Inchaço visível nos pés e tornozelos ao final dia

  • Queimação local ou caibras nas pernas e pés

  • Sensação de formigamento nas pernas e nos pés

  • Dor ou sensação de peso no baixo ventre e dor durante as relações sexuais - para varizes pélvicas

  • Sensação de incômodo ou peso nas coxas e pernas no período pré-menstrual


Como saber se tenho varizes internas?


Se você sente os sintomas que eu falei, você pode ter varizes internas.

Somente consulta com especialista angiologista / cirurgião vascular pode bater o martelo da certeza.

Isso porque aqueles sintomas que eu citei estão presentes, porém não são exclusivos de quem tem varizes internas e podem estar presentes em outras doenças também.


Dessa forma para complementar a avaliação da consulta e diagnosticar as varizes internas o cirurgião vascular vai precisar lançar mão de exames como ecodoppler venoso, para identificar e mapear as veias comprometidas e a fotopletismografia, para identificar o grau de prejuízo na circulação venosa.



Como tratar as varizes internas?


Os tratamentos seguem o mesmo racional das varizes visíveis e vão variar conforme a veia que está comprometida.


As opções disponíveis para tratamento das varizes internas são:

  • Laser transdérmico

  • Escleroterapia com espuma densa

  • Cirurgia convencional

  • Termoablação com Endolaser

  • Termoablação com Radiofrequência

  • Microcirurgia de varizes

  • Medicamentos venotônicos

  • Terapia compressiva

  • Tratamento endovascular






Dra. Karolina Frauzino é médica cirurgiã vascular em Brasília-DF com Título de Especialista em Cirurgia Vascular. É membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e dedicada ao tratamento de doenças venosas.