• Dra Karolina Frauzino

Doação de sangue na Trombose



Você que já teve ou tem trombose alguma vez já pensou sobre isso?


Pois essa foi uma dúvida que surgiu de um seguidor do Instagram.


A pergunta era mais ou menos assim: "Quem toma o remédio rivaroxabana pode doar sangue?"


E, devido à especificidade da dúvida, decidi que valia um artigo sobre isso!

Vamos lá conversar sobre isso?


Quem está tratando trombose agora pode doar sangue?

Não.

A doação de sangue é contra-indicada para quem está tratando trombose.

Isso porque os anticoagulantes que estão em atividade no sangue do doador podem ser transferidos à outra pessoa na transfusão de sangue.


Quem tem ou teve tromboembolismo pulmonar pode doar sangue?

Não. Embolia pulmonar aguda ou prévia é impedimento definitivo para doar sangue.


Já tive trombose no passado. Posso doar sangue?

Depende.

Está impedido definitivamente de doar sangue: quem teve mais de um episódio de trombose, quem toma anticoagulante ou quem tem alguma trombofilia diagnosticada.

Quem teve apenas um episódio de trombose com causa definida tratado há mais de 6 meses deverá ser avaliado individualmente no hemocentro para doação.


Quanto tempo após tratar a trombose poderei doar sangue?

Não há trabalho científico ou diretriz que verse sobre o assunto, por isso o Banco de Sangue de Brasília segue as recomendações de outras doenças.

Se você não possui contra-indicação definitiva para doar sangue, deve esperar um tempo mínimo de 6 meses para doar sangue.


Não tenho mais trombose, porém tomo anticoagulante. Posso doar sangue?

Não.

Quem já teve mais de um episódio de trombose ou quem está tomando anticoagulante ainda não pode doar sangue.


Tenho trombofilia, mas nunca tive trombose. Posso doar sangue?

Não.

Quem tem problemas de coagulação do sangue não pode doar sangue definitivamente.

Nesse link você encontra uma lista com outras situações que podem te impedir de doar sangue:

https://www.fhb.df.gov.br/doacao-de-sangue/#Impedimentos

 

Dra Karolina Frauzino é Médica Angiologista em Brasília-DF, focada no tratamento de doenças venosas. É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, com Título de Especialização em Cirurgia Vascular pela AMBr.